quinta-feira, 22 de abril de 2010

A época do Profeta Amós

O povo que ele contemplava e os aspectos marcantes:

1. Sociedade
A prosperidade estava presente na sociedade; mas as injustiças também. Os ricos tinham suas casas de luxo (Am 3:15); os móveis e a comida eram sofisticados (Am 6:4); as mulheres esbanjavam roupas finíssimas, perfumes caríssimos, bolsas de fina confecção e muito dinheiro (Am 4:1). Todavia, o pobre estava sendo "condenado por causa de um par de sandálias" (Am 2:6b). Suborno, imoralidade, injustiça e violência são algumas marcas da sociedade na qual Amós trabalhava.

2. Religião

Em prática constante, o povo estava frequentando os cultos (Am 5:5); praticando sacrifícios e dízimos (Am 4:4); os cânticos eram entoados com muito entusiasmo (Am 5:23). Mas os atos eram exteriores, só labios e não coração (Mt 15:7-8). Tudo estava sendo feito sem análise de consciência, sem contrição, sem arrependimento (Sl 51:17). Muitos holocaustos e nenhuma miserícordia (Mt 12:7); muitos sacrifícios e nenhuma obediência. Oferta a Deus e falta de comunhão com o próximo (Mt 5:23-24). Inutilmente, os homens procuravam agradar a Deus com promessas, ofertas e sacrifícios, porém, tudo isso estava sendo rejeitado por Deus, devido à falta de santidade do povo (Am 5:21-23).

3. Política

Foi uma época de grande prosperidade e conquistas territoriais. Havia dinheiro em abundancia e os exercitos eram vitoriosos. Entretanto, a riqueza que entrava em Samaria não eram igualmente distribuida entre o povo. Permanecia nas mãos de príncipes negociantes, e estes gastavam em prol da melhoria de seus padrões de vida. Será que há alguma semelhança com o Brasil?! A autoridade e a lei eram desprezadas. A liderança nacional não estava resolvendo os verdadeiros problemas. As práticas comerciais eram astuciosas e desonestas (Am 6:1-6).

A aplicação que devemos tirar desta divisão é que, para melhor aplicarmos o Evangelho à nossa época, precisamos conhecer os problemas e os desafios que nos cercam. É por isso que se fala tanto em contextualização. Dois extremos precisam ser evitados:

a. É achar que para conhecermos melhor temos que misturar com certas pessoas, tocar em determinadas coisas, ou irmos a alguns lugares.
Jesus comia com publicanos e pecadores (Lc 15:1-2), mas Ele apenas influenciava e nunca era influenciado. Essa era a diferença.

b. É modificar o Evangelho no momento de aplicá-lo ao nosso contexto.
Devemos tomar cuidado para não "baratearmos" os custos do Reino de Deus, nem "socializarmos" o Evangelho. há muitas promessas que saíram da boca do Senhor que só terão cumprimento no novo céu e na nova terra (Ap 21:1-7).

"Andarão dois juntos, se não houver entre eles acordo?" - Amós 3:3

12 comentários:

  1. Graça e Paz Rodolfo!!
    Retribuindo sua honrosa visita em meu blog, visitei o seu e devo dizer que você está de parabéns, pois seu blog é ótimo, muito abençoa, gostei muito desta postagem.
    Já estou seguindo...

    Abraços..

    ResponderExcluir
  2. Olá;
    Parabéns pelo seu blog.
    Estarei sempre por aqui e serei sua seguidora.
    Venha cometer pecados da mesa e me seguir também.
    DEUS TE ABENÇÕE!

    ResponderExcluir
  3. Graça e paz!
    Gilson Marcato
    Sinceros agradecimentos, pela visita e participação!

    Já sou seu seguidor, de seu edificante e abençoado Blog!
    E indico a todos os amigos, que ainda não conheçam que façam uma visita!

    Sempre que possivel, volte outra vezes, sera uma grande honra!

    Abraços!

    ResponderExcluir
  4. Olá.. Maria Paula (Pecados da mesa)
    Agradeço muito por estar participando no meu blog!
    Estive visitando o seu lindo trabalho e também ja estou seguindo!
    Muito sugestivo o nome de seu Blog! Vendo tudo o que voçê indica para por nas mesas, acabamos praticando o "PECADO DA GULA" risos..

    Sempre que possivel volte por aqui!
    Abraços!

    ResponderExcluir
  5. Olá,
    O meu marido e eu viemos agradecer a sua visita no meu blog e estar me seguindo junto com sua esposa. Muito obrigada! Fiquei honrada!
    Todos os dias estaremos por aqui também.
    Realmente todos os dias temos novidades e atualizações para cometer pecados da mesa e da gula, rs.
    DEUS TE ABENÇÕE!

    ResponderExcluir
  6. OLÁ AMADO IRMÃO RODOLFO,GRAÇA E PAAAAAAAAZZZZZZZZ!!!
    PASSEI PARA CONHECER SEU BLOG E SINCERAMENTE O SEU BLOG É UMA BÊNÇÃO.
    JÁ ESTOU SEGUINDO COM ALEGRIA.
    SE O AMADO ME PERMITE,VOU COLOCAR UM LINK DO SEU BLOG EM MINHA PÁGINA,SE PUDER,GOSTARIA MUITO DE TER UM LINK DO MEU BLOG NO SEU...
    FICA NA PAZ DE CRISTO E ATÉ A PRÓXIMA...
    BY, PR. RIVELINO.

    ResponderExcluir
  7. Olá, Maria Paula (Pecados da mesa)
    Agradecimentos, a voçê e a seu marido!
    Ficarei muito grato pelas suas visitas e participações!
    Será uma grande honra!
    Abraços..

    ResponderExcluir
  8. Olá, abençoado Pr Rivelino!
    Agradeço muito por estar participando aqui neste espaço!
    É uma grande honra!
    Já sou seu seguidor, e com grande alegria aceito fazer as trocas de links!
    Será abençoado quem visitar ao seu edificante Blog!Parabéns!
    Fique na paz do Senhor!
    Abraço..

    ResponderExcluir
  9. Seu espaço é maravilhoso e visitarei outras vezes. Uma linda semaninha na presença do Senhor e muita paz em seu lar.

    Graça e paz!

    Edimar Suely
    jesusminharocha2.zip.net

    ResponderExcluir
  10. Graça e paz!
    Edimar Suely

    Parabens!!! Pelo seu espaço: (quatro anos 85 mil visitas)
    Muito maravilhoso e abençoado! Com certeza voltarei mais vezes!

    Agradeço muito a sua visita, volte sempre!
    Sera sempre uma grande honra!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  11. Parabéns pelo belo trabalho apresentado aqui no blog. Já estou seguindo!

    Aproveito pra lhe convidar a conhecer meu blog, e se desejar também segui-lo, será uma honra. Seus comentários também serão sempre bem-vindos.

    http://csantosonline.blogspot.com/

    Te espero lá!

    ResponderExcluir
  12. Graça e paz!
    Cêça Santos

    Já estou também seguindo o seu abençoado e edificante blog!
    Parabéns!

    Agradeço muito a visita e sua participação!
    Volte Sempre! Será uma honra!

    Abraço!

    ResponderExcluir